Palmeiras/Crefisa, líder disparado aqui
PALMEIRAS – R$ 81 milhões/ano – Crefisa
FLAMENGO – R$ 25 milhões/ano – Caixa (acordo encerrado)
SÃO PAULO – R$ 23 milhões/ano – Banco Inter
CORINTHIANS – R$ 12 milhões/ano – BMG (recebeu R$ 30 milhões em 2019 e receberá o valor mínimo de R$ 12 milhões a partir de 2020)
BOTAFOGO – R$ 10 milhões/ano – Caixa (mantém o nome do banco na camisa, mas o contrato está se encerrando).
FLUMINENSE – sem patrocínio – (em agosto, o clube anunciou o fim da parceria com a Valle Express, que durou sete meses. O fim do acordo se deu por falta de pagamento. A Valle admite dívida de R$ 1,4 milhões pelos sete meses. O Fluminense cobra R$ 8,8 milhões de dívida).
SANTOS – Sem patrocínio (a Caixa pagava R$ 12 milhões anuais)
VASCO – Sem patrocínio (a Caixa pagava R$ 12 milhões/ano)
ATLÉTICO MINEIRO – R$ 11 mmilhões – BMG
CRUZEIRO – R$ 12 milhões/ano (Caixa) – contrato encerrado em dezembro.
.
  • Em tempo-1: os números acima são do Blog do PVC (UOL);
  • Em tempo-2: Os líderes mundiais de patrocinadores masters são Real Madrid: € 70 milhões (R$ 301 milhões); M.United: € 62 milhões (R$ 256 milhões); e M.City: € 59 milhões (R$ 253 milhões).
  • Em tempo-3: nesse ranking mundial, o Palmeiras ficaria em 10º lugar.

1 Comentário

  1. O Santos tá muito sequelado mesmo. Leva séculos para conseguir um patrocínio master e quando consegue, acontece isso. Estamos num looping de azar desde o famigerado 4×0 de 2011. 😡😡

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare